16 fevereiro, 2014

I CONFERENCIA ESTADUAL DE POVO DE TERREIRO DO RS

I CONFERENCIA ESTADUAL DE POVO DE TERREIRO DO RS

                                                                                                                       * Baba Diba de Iyemonja


O Rio Grande do Sul de Matriz Africana, vive um momento histórico. O Povo de Terreiro conquista junto ao governo do estado O Comitê Estadual de Povo de Terreiro, que não é apenas uma conquista singular, mas uma conquista que dialoga com um complexo ações que mudarão a história do Povo Negro no RS. O que parecia utopia, torna-se realidade. Esta é uma demonstração que como o povo quando quer e reaviva a memória do seu caráter coletivo, faz e modifica. O comitê entre tantos atributos, deve entregar um diagnóstico da questão racial no RS e apontar a criação imediata, inconteste da Secretária Estadual de Promoção da Igualdade Racial. O povo negro gaúcho espera isto do governador Tarso Genro. Muitas Cidades e Regiões do estado do RS mobilizam seus terreiros para as etapas Municipais e/ou regionais da conferencia que culminará na conferencia Estadual de 20 a 23 de março de 2014 em Porto Alegre pretende reunir 500 delegados estaduais e 250 convidados e observadores.


A Conferencia Municipal de Porto Alegre acontecerá dia 26 de fevereiro no Auditório dos Correios e Telégrafos e pretende reunir 250 pais e Mães de Santo além de convidados e observadores.
Esta é uma conquista história para o Povo de Terreiro do Brasil, uma ação pioneira conquistada através de um diálogo qualificado com o governo do estado e cada vivenciador da tradição de matriz africana do Povo de Terreiro deve honrar esta conquista participando massivamente de todos os processos. O desafio esta posto! O pirão esta na mesa! O bode está na sala, como diriam nossos mais velhos. Mãos a obra, vamos dizer ao estado pela primeira vez, qual o modelo de política que queremos para o nosso povo.
Pelo respeito à tradição de matriz africana!
Pelo respeito ao povo de terreiro!
Pelo respeito ao estado laico!
Pelo respeito a história e memória de um povo que construiu e constrói este pais!
Pelo respeito à ancestralidade negro-africana!
Este movimento não é um movimento de turbantes e de vaidades, mas sim um movimento de cidadania. Não vamos permitir que os lados e correntes nos dividam. Somos um só, Africa é nosso lado e nossa corrente. Vamos lutar juntos pelo que nos iguala, Entre direita e esquerda somos negros e Povo de Terreiro!.
A hora é agora!
Convocamos todos e todas para construir este momento histórico, venha colocar seu nome nesta página da história de luta e dignidade do nosso Povo, nossos ancestrais esperam isso de você e nos aguardam.

18 janeiro, 2014

NOTÍCIAS DA VI MARCHA ESTADUAL PELA VIDA E LIBERDADE RELIGIOSA DO RS

A Ministra de Direitos Humanos Maria Do Rosário Nunes confirmou presença  no Seminário Politicas Públicas como estratégia de combate e criminalização da intolerância Religiosa e racismo assim como na Marcha que terá como um dos objetivos a reivindicação da criação da Delegacia Especial de combate a intolerância religiosa e racismo. Segundo coordenador da Marcha Baba Diba de Iyemonja "é muito difícil registrar ocorrência de Intolerância Religiosa e Racismo por resistência dos servidores que acabam tipificando como brigas de vizinhos. Precisamos ter um espaço que atenda estas demandas, pois a medida que avançamos nas Políticas Públicas para o nosso povo a Intolerância Religiosa e o Racismo muda de "status", passa de velado para revelado," afirma Baba Diba. Quando o Ministério Público é acionado também percebe-se uma passividade.
As expectativas são de que esta Marcha mobilizará um número muito maior de participantes do que a dos anos anteriores, dados os avanços e conquistas políticas importantes da Marcha.
Algumas cidades do interior estão se organizando para participar, inclusive adeptos de outras religiões cristãs que acreditam num mundo com tolerância. A Comunidade WICCA já é uma grande parceira desde a primeira Marcha.
VENHAM CONOSCO! VAMOS FAZER DE DESTA SOCIEDADE, UMA SOCIEDADE MAIS HUMANA E INCLUSIVA"
COMISSÃO ORGANIZADORA DA MARCHA
Baba Diba de Iyemonja

É Terça Feira, a VI Marcha Estadual Pela Vida e Liberdade Religiosa do RS‏

Olhar para traz com as lentes da ancestralidade e poder enxergar todos os que nos precederam e nos fortalecem, é um presságio de boa luta com muitas vitórias. Que venha 21 de janeiro e que eu possa olhar para traz e ver uma multidão de irmãos e irmãs, cidadãos e cidadãs, gritando suas ancestralidades e com cada um e cada uma uma legião. Somente assim seremos um. Olho no olho, ori no ori, de um único lado! Oriundos de África! Venham meu povo, venham com a gente!
É nesta terça feira com concentração a partir das 16 h e saída as 18 horas do Largo Glenio Peres.
Baba Diba de Iyemonja
Comissão Organizadora

06 janeiro, 2014

NOTÍCIAS DA VI MARCHA ESTADUAL PELA VIDA E LIBERDADE RELIGIOSA DO RS E CHAMADA PARA PENÚLTIMA REUNIÃO DE MOBILIZAÇÃO


Estamos a 15 dias da VI Marcha pela Vida e Liberdade Religiosa do Estado do Rio Grande do Sul. Precisamos mobilizar e sensibilizar nosso povo do axé para a importancia de estar nas ruas e dar visibilidade para a luta contra a intolerancia religiosa e racismo.
A Marcha tem se constituido num importante instrumento de luta política do Povo de Terreiro. Muitas ações tem se consolidado a partir da Marcha que culminarão em políticas efetivas.
O Comite Estadual de Povo de Terreiro vinculado ao Gabinete do Governador do Estado que tem a função de pensar politicas para o Povo de Terreiro de ascenção Africana, assim como realizar a I Conferência Estadual de Povo de Terreiro do RS com a finalidade de propor politicas estruturantes para este povo que dêm conta das questões que mais nos afetam como alvarás, Lei se silêncio, abordagens policias equivocadas e tantas outras. 

O Assentamento de representação do Povo de terreiro no Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social do Estado do RS – Conselhão, hoje sendo representante Iyalorisa Carmem Holanda de Iansã, tambem foi outra conquista. 

Ainda consolidaremos no encerramento de Processo de conferência o Conselho Estadual de Povo de Terreiro, importante instrumento de monitoramento e proposição de políticas.
A VI Marcha acontecerá no dia 21 de janeiro de 2014 com concentração as 16 horas no Largo Glenio Peres, sairá as 18 horas e será precedida pelo Seminário Políticas Públicas Como Estratégia de Combate e Criminalização da Intolerância Religiosa e do Racismo que pautará a Delegacia Especial de Combate a Intolerância Religiosa e o Racismo. O Seminário contará com a presença de representante da Secretaria de Segurança Pública do Estado, Direitos Humanos Estadual e Municipal, Ministério Publico, Procuradoria Geral do Estado, Câmara Municipal de Vereadores e Assembleia Legislativa do Estado e iniciará as 9 da manhã e será no Sindisprev – Av. Francisco Leonardo Truda 40 – 12 andar. 

Muitas organizações já estão se agregando à VI Marcha. Sugerimos aos Afro Religiosos do Interior do Estado que mobilizem em suas Cidade e busquem apoio junto às coordenadorias de Igualdade Racial e Câmaras Municipais para o deslocamento até Porto Alegre. 

A Penúltima Reunião da Marcha acontecerá nesta quinta feira 09/01/2014 no Sindisprev às 18:30. Venha construir esta importante ação Politica em defesa do Povo de Terreiro. Esta Causa é coletiva! Não espere se tornar mais uma vitima da Intolerância Religiosa e do racismo que avançam a cada dia. Você é o único capaz de transformar este processo de forma positiva e isso somente será possível coletivamente, se caminharmos juntos, Ori com Ori, um acreditando no outro. Precisamos mostrar para sociedade quantos somos e o que podemos sim estar unidos e mostrar nossa cara na rua! Acordem Afros Religiosos do RS e vem com a gente! 


Quem tem Ori não baixa a cabeça.
Quem é de Axé diz que é!
Comissão Organizadora da Marcha
Baba Diba de Iyemonja

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

 
Powered by Blogger